Fazenda / Plantação

O palmito pupunha Supremo é obtido da palmeira da família das palmáceas, de origem latino-americana. No Brasil, pode-se encontrar a pupunheira em vários estados, notadamente no Norte e Centro-Oeste  brasileiro. No Entanto, a cultura deste palmito em larga escala adaptou-se muito bem ao solo e clima do Cerrado mineiro.

Ao contrário do que acontecia no sistema extrativista, o consumo de palmito de pupunha Supremo é ecologicamente correto e sustentável. Isso porque é uma cultura perene, o que significa que a retirada das hastes de palmito não mata a palmeira. O palmito para consumo na alimentação humana é obtido do interior ou miolo dos perfilhos. Uma vez cortados, a palmeira continua brotar, gerando novos perfilhos.

Em uma plantação bem manejada, cada palmeira é controlada de forma a ter em torno de seis perfilhos em tamanhos diferentes, o que permite a colheita ao longo do ano e a produção de hastes de excelente qualidade, com tamanho médio de 70 cm.